segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Acumuladores...(Texto Roubado)


Já ouviram falar dos “acumuladores”? Acumuladores são pessoas que passam anos e anos guardando coisas que não têm a menor importância, literalmente inundando casas inteiras com tralhas inúteis, tranqueiras que há tempos deveriam ter sido jogadas no lixo. Isso é completamente assustador.

Mas pense bem, olhe agora mesmo para as inúmeras gavetas transbordantes existentes dentro de você e reflita:

Ser á que você também não é um acumulador de coisas com o prazo de validade vencido? Será que você não é um acumulador de pessoas que há tempos só causam-lhe dor de cabeça? Será que você precisa mesmo andar por aí todo torto e carregando essa mochila lotada de chumbo?

Pensou bem?

Ainda está em dúvida se você é um acumulador?

Então, me responda: Por que é que você pediu um tempo para mim e preferiu deixá-lo congelado quando, na verdade, sabia que deveria ter terminado tudo?

Por que é que você evita sempre o ponto final e geralmente opta pelos três pontos? Por que é que você está aí rastejando e continua agarrado com todas as forças aos pés de alguém que te olha como se você fosse uma barata?

Você faz isso, pois tem medo de perder e não achar nada para suprir esse suposto vazio, mas já parou para pensar que o melhor caminho para dar espaço às coisas boas é jogar fora as coisas ruins? Eu sei que é preciso de muita coragem e que não é fácil, mas o que você prefere?

Continuar com esse comodismo e manter um chiclete sem gosto na boca só para dizer que está mascando algo? Ou simplesmente jogar esse chiclete fora e dar a chance para novos sabores?
Decrete, então, a hora da limpeza.

Respire fundo, arregace as mangas e, enfim, abra mão do peso morto que insiste em aniquilar seu presente e impedir que novos acontecimentos deem play nessa sua existência em pause.
Esqueça a música do Leandro & Leonardo e aprenda de uma vez por todas a dizer adeus. Saiba que é preciso cortar definitivamente os laços que já não enfeitam mais e que hoje tornaram-se apenas nós enroscados em nossos pescoços, sufocando e impedindo a oxigenação do nosso cérebro com novos ares.

Enquanto você adia a hora de dizer tchau ao que não importa, está também postergando a chance de ouvir um oi daquilo que realmente importará. Abra o armário e olhe bem para aquela calça velha e me diga: quando foi a última vez que você a usou? Então por que não se livra disso agora, ou melhor, dê ela a alguém que com certeza ficará muito feliz em usá-la.

A verdade é que, para escalar esta montanha íngreme chamada vida, precisaremos nos livrar de todo o peso que só serve para dificultar a nossa subida. Ou acha que algum dia chegará ao cume se continuar com essa mania de encher os bolsos até com as pedras inúteis do caminho? Muitas vezes aceitar a perda é o primeiro passo para estar apto para um novo ganho. E, enquanto você não soltar de vez aquilo que não te agrega mais, estará sempre com as mãos ocupadas para agarrar novas oportunidades.

Foi roubado dela >>> Geovanna Paiva

E desse site tbm.
>>>>
http://www.casalsemvergonha.com.br/2012/07/27/para-chegar-ao-topo-e-preciso-livrar-se-do-peso-inutil/

Nenhum comentário:

Postar um comentário